Assembleias de «Irmãos» em Portugal

Apologética

Imagens Que Choram?

Recentemente, e em vários lugares, temos assistido a uma série de eventos religiosos repletos do fantástico ou do sobrenatural, designado por miraculoso. Um deles consiste em manifestação de "lágrimas" e de "sangue" que jorra pelos olhos de estátuas da Religião Católica, ou do revestimento de azeite quando se "reza" à imagem (inventada) da Virgem Maria. O Senhor, porém, rejeita toda a espécie de imagem e toda a veneração que a elas se faça.

1. AS VÁRIAS EXPLICAÇÕES DO FENÓMENO

  1. VERSÃO CATÓLICA ROMANA – Os sacerdotes desta religião incentivam e fomentam o aumento de prosélitos que defraudados pela sua própria ignorância procuram este tipo de manifestações. É desnecessário desenvolver agora a versão desta religião por ser do conhecimento geral.
  2. VERSÃO CIENTÍFICA (PARA-PSICOLOGIA) – Os cientistas têm procurado uma explicação racional para fenómenos desta natureza. E chegaram à conclusão de que estes fenómenos só ocorrem quando há presença de pessoas, num raio até 40 metros. Por outro lado, explicam, segundo a formula de Einstein, que é possível a manifestação de energia, por via parapsicológica, de determinadas pessoas para objectos com materiais específicos, onde se incluem as imagens de barro fino.

2. ANÁLISE BÍBLICA

  • 2.1. Uma farsa... Uma imagem. em nenhuma circunstância, pode chorar. O choro é uma manifestação exclusivamente humana resultante de sentimentos de dor, tristeza, e em alguns casos, de alegria extrema. Uma imagem tem boca, mas não fala. Tem ouvidos, mas não ouve. Nariz tem, mas não cheira. Tem olhos, mas não vê nem chora. E, muitas vezes, os apóstolos da mentira procuram encontrar na ignorância das pessoas o meio do engrandecimento pessoal ou da sua paróquia. E nesses casos, as "lágrimas" e o "sangue" são colocados propositadamente para enganar os mais incautos.
  • 2.2. Noutros casos, verdade ! Sim, há casos em que não há qualquer artifício de procedência humana. Mas o artifício existe – porém, de procedência sobrenatural. Contudo, nunca será Deus o artífice desses fenómenos, já que são anátema para o Senhor. Teremos, consequentemente, de concluir, que alguns desses fenómenos têm origem demoníaca. O objectivo de Satanás é transferir o culto da Pessoa do Senhor Jesus Cristo para outros meios (pessoas, imagens ou relíquias) que nenhuma obra justificadora podem realizar. E, grande parte das vezes, tem conseguido. Em Ex 20:3 lemos: "Não terás outros deuses diante de Mim". E este mandamento aplica-se não só às imagens como a tudo que usurpa o lugar de Deus, conforme Paulo refere aos Colossenses (3:5), dando o exemplo da cobiça.

3. AS IMAGENS E A BÍBLIA

São várias as passagens onde encontramos a condenação expressa do Senhor quanto às imagens, seu significado, veneração ou mesmo contemplação:

1) Em Ex 20:4-5 temos duas proibições – absolutas, sem fuga possível:

  • 1º NÃO FARÁS IMAGENS...
  • 2º NÃO TE ENCURVARÁS... NEM A ELAS SERVIRÁS.

2) A mesma proibição, avisando para a corrupção que as imagens trazem, é pormenorizadamente descrita em Dt 4:15-19.

3) A Religião Católica está a fazer com as imagens o mesmo que os Israelitas dos dias de Ezequias fizeram com a serpente de bronze, que Moisés levantou no deserto: tributa-lhe culto. Ezequias, porém, a despeito da antiguidade, laços históricos e da sua significação espiritual quebrou em pedaços aquela serpente de bronze, conforme lemos em 2 Rs 18:3-4.

4) "Porque são os espíritos de demónios que fazem prodígios", lemos em Ap 16:14. E tal como farão naquele período de Grande Tribulação, também o podem fazer hoje, para enganar o povo. E os sacerdotes católicos servem-nos. "Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz" (2 Co 11:13-14).

5) Lemos ainda que "surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos" (Mt 24:24). E embora esta passagem se refira à Grande Tribulação, vemos que hoje tudo está preparado para o cumprimento integral da profecia.

6) Quando O Senhor retornar a este mundo, "só o Senhor será exaltado naquele dia. E todos os ídolos totalmente desaparecerão" (Isaías 2:17-18). Sim, "naquele dia, o homem lançará às toupeiras e aos morcegos os seus ídolos de prata, e os seus ídolos de ouro, que fizeram para ante eles se prostrarem, e meter-se-á pelas fendas das rochas, e pelas cavernas das penhas, por causa da presença espantosa do Senhor, e por causa da glória da Sua Majestade, quando Ele se levantar para assombrar a terra" (Isaías 2:20-22).

7) No demais, "irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do Seu Poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais" (Ef 6:10-12).

"In Refrigério" Nº 49

» Secção Apologética «