Assembleias de «Irmãos» em Portugal

História do Movimento de «Irmãos»

2.12. Vila Nova do Ceira

Igreja em Vila Nova do Ceira – Como Tudo Começou

Decorria o ano 1950 e vivíamos em Soure, servindo ao Senhor e meu marido realizava cultos em Condeixa, em casa arrendada para o efeito. Num domingo, apareceu para assistir ao culto o casal Trindade vindo dos Estados Unidos que estava a passar férias em Vila Nova do Ceira. No final do culto o casal pediu a meu marido se podia ir a Vila Nova do Ceira anunciar o Evangelho, pois desejava que a sua terra natal ouvisse a Palavra de Deus.

Meu marido aceitou, deslocando-se assim todas as semanas a V.N.do Ceira para pregar, usando como meio de transporte uma motorizada. Sempre que lhe era possível o saudoso irmão Frank Smith levava a sua moto e lá iam juntos, transportando o meu marido o acordeão às costas. Algumas vezes chegaram a ser apedrejados.

Durante aquele ano 6 almas foram salvas e o Senhor operou autênticos milagres. Entretanto, Deus mostrou-nos que deveríamos mudar para V.N. do Ceira. Estávamos em Agosto de 1951.

Meu marido adquiriu então um rés-do-chão por 11 contos que não tinha casa de banho, mas era preciso dar sinal de entrada de mil escudos e não havia esse dinheiro para entrega inicial.

Um senhor cuja esposa assistia aos cultos emprestou essa quantia e assim o meu marido escreveu ao casal Trindade dando conta do negócio encerrado e pedindo as orações a favor deste assunto. Pouco tempo depois este casal enviou-nos todo o dinheiro.

Iniciaram-se de imediato obras no sentido de dotar o edifício das condições necessárias, ficando ainda assim o chão em cimento sem azulejos, sem estrado e as cadeiras foi o mais pobre que se pôde arranjar.

Depois das obras feitas a casa e as obras ficaram-nos em 50 contos. Em 26 do mesmo mês foi a inauguração da Casa de Oração com um culto de Baptismos, da parte da manhã, em que 27 crentes foram baptizados.

Por ocasião da inauguração já se tinha pago tudo, pela graça de Deus, e com a ajuda de alguns crentes.

Houve muita perseguição, mas o Senhor salvou almas e operou milagres ao longo destes anos.

A 21 de Setembro houve novamente baptismos em Vila Nova do Ceira. Entretanto alguns irmãos partiram para o Senhor e outros saíram para Figueira da Foz, Lisboa, Aveiro e Cacia, onde passaram a viver, ficando então um remanescente fiel.

Após a morte de meu marido fiquei em Vila Nova do Ceira, porque os irmãos daqui me pediram para ficar a ajudar. Pela graça de Deus alguns irmãos aceitaram o Senhor. Posso dizer que grandes coisas fez o Senhor, por isso estamos alegres.

Com o decorrer dos anos senti a necessidade de pedir à Igreja em Coimbra apoio, tendo esta passado a cooperar através dos ministérios do saudoso Irmão Frank Smith e João Varandas, e mais tarde outros obreiros, de entre os quais o Irmão Eduardo Costa, de Vila Nova de Poiares.

Passados todos estes anos a Igreja permanece ainda no mesmo edifício, com o seguinte endereço:

Igreja em Vila Nova do Ceira
Igreja Evangélica dos "Irmãos"
Largo Almo
3330-451 – Vila Nova do Ceira
Email: Corporação Evangélica

Horários das Reuniões:

Domingo: 09h00 – EB + CS
Domingo: 17h00 – CP
Quinta-feira: 19h00 (Inverno) / 20h00 (Verão) – RO

Artigo fornecido pela Irmã «Lucinda da Conceição Gomes» e adaptado pelo Irmão «Samuel Oliveira»

» Secção História «